22 de jan de 2013

Reclamar, só se for para clamar duas vezes: Re-Clamar!!!

Passei alguns dias negros no começo desse ano. A dificuldade de lidar com o excesso de trabalho, por mais que eu ame meu trabalho. As complicações na convivência com meu irmão, a carência exacerbada que sufocou meu namorado, o ritmo de vida das minhas amigas que não é mais o mesmo ritmo de via que o meu, os problemas com meu carro que fizeram eu desembolsar mais que eu podia no começo do ano, e assim desencadearam uma crise financeira mundial no meu orçamento. A decisão de alugar um canto para mim conflitando com os altos preços de aluguel e burocracia para se conseguir um imóvel em bom estado. Os problemas da minha irmã que por mais que não são meus e que nada eu posso fazer, me afetam por se tratar da pessoa que eu mais amo nesse mundo... a volta de tomar anticoncepcional que alterou meus hormônios.... tudo que parece problemas pequeninos em vista que eu já passei, mas que me derrubaram e desencadearam um crise de estresse e enxaqueca que vai me custar cerca de 150,00 de medicamentos por mês mais a volta da terapia. Por um instante voltei a ser aquela pessoa que o Rogerinho descreveu um dia: uma pessoa triste com momentos felizes.... Não, não pode ser!!

Ontem recebi um convite do Claudio de frequentar um grupo de orações que ele ia, há anos atrás, quando ainda era casado e vivia bem com a Gi. Resolvi aceitar, pensando nele. Pensando em incentivá-lo a ir.

Mas confesso agora, aqui, que acabei de chegar de lá, que percebi que eu estava precisando muitoooooo disso!!!

Chama-se Célula. É um grupo de orações de uma igreja evangélica cujo pastor é nosso vizinho. Algumas pessoas se reúnem numa casa, lêem uma mensagem inicial, fazem uma oração de abertura, cantam um cântico de louvor, leem um trecho do evangelho, conversam a respeito desse trecho, trocam opiniões e experiencias, fazem uma oração de agradecimento e confraternizam-se. Alguma semelhança com algo que nós, espiritas, convivemos? TOTAAAAALLL! Tirando o cântico de louvou, é exatamente o evangelho no lar!!!! (Aliás, bem que o evangelho no lar poderia ter um cântico de louvor) Me fez muito bem participar, uma vez que há tempos não encontro um grupo que faça evangelho no lar e que eu consiga participar. O trecho do evangelho em pauta hoje foi a parábola: depois da tempestade, vem a bonança. Vai falar que não tinha tudo a ver com o que eu comecei a contar no inicio do texto?? Vai falar que não era o que eu estava precisando???

E algo muito gostoso aconteceu. A pessoa que conduziu a reunião, o Serrinha, chamou meu irmão e um outro menino para sentar no centro de uma roda, todos direcionarem as palmas das mãos para eles e fazermos uma oração. Por coincidência (ou não), eu fiquei posicionada bem atrás do meu irmão. Senti a energia divina entrando pela minha cabeça e saindo pelas minhas mãos, exatamente como num passe. Eles estavam recebendo aquela energia vindo de todos que estavam ali. Eles estavam recebendo um passe!!! :)

Simplesmente amei participar e me comprometi a ir todas as terças-feiras.

E hoje vou ter uma belíssima noite de sono e desejo o mesmo a todos vocês!!!

Beijocas da Taty Paty Me-Au!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário